29 de abril de 2013

O Anti-Sobrenaturalismo e a crítica bíblica em face do Antigo Testamento


                                       Por Danilo Moraes

Muitos críticos têm verdadeira aversão ao sobrenatural. Mas se não pudermos aceitar o sobrenatural, não podemos aceitar a revelação da divindade e muito menos a encarnação de Jesus e sua ressurreição. Se o valor histórico das Escrituras é descartado e os milagres são impossíveis nada fica na Bíblia que mereça crédito. Para muitos críticos a simples presença de um elemento sobrenatural no texto, serve de evidência suficiente para que ele rejeite a sua historicidade. Não levam em conta os críticos que a ciência moderna não mais encara a natureza como um sistema fechado, pelo que não se pode mais insistir em que os milagres são impossíveis cientificamente. A religião de Israel é uma religião histórica, e olhar para ela não levando em consideração sua historicidade é um dolo ao povo de Israel.